Dicas

Leishmaniose Canina ou Leishmaniose Visceral Canina

Talvez você já tenha ouvido ou lido algo sobre a Leishmaniose, uma doença grave que afeta os humanos. Mas você sabia que seu cão está vulnerável também? Veja o motivo: O que é a Leishmaniose e quais os tipos de Leishmaniose? Primeiramente precisamos explicar que existem dois tipos de leishmaniose: a cutânea e a visceral. A leishmaniose cutânea é causada por dois tipos de parasitas, a leishmania braziliensis e a leishmania mexicana. Mas não tem o cão como seu principal alvo. Já a

Dirofilariose

Dirofilariose ou Verme do Coração do Cão

A Dirofilariose ou Verme do coração (Dirofilaria immitis), pode trazer muitos problemas para seu cão… se nunca ouviu falar ou não sabe muito a respeito, nós vamos te explicar! O que é o Verme do Coração do Cão? O Verme do coração é um pequeno parasita (nematoide) transmitido através da picada de mosquitos e que provoca a dirofilariose . O hospedeiro definitivo é o cão, mas também pode infectar outros animais como gatos, lobos, coiotes, raposas, furões, leões marinhos e até mesmo, em situações bem raras, os seres humanos. Portanto, todos os

Passos a passo para escovar os dentes do seu gato!

Escovar os dentes dos felinos pode ser uma tarefa difícil, porém esse hábito evita diversas doenças que tem inicio na boca e podem levar ao comprometimento de todo o organismo do animal. Preparar tudo antes da escovação é essencial para tornar a tarefa mais fácil, uma dica é optar sempre pelos produtos específicos para pets, como pastas veterinárias, quanto à escova, recomenda-se o uso de escovas infantis com cerdas macias ou a escova interdental, utilizada para higienizar aparelhos fixos e móveis. Com

Dicas para prevenir o ataque de pulgas

O problema com pulgas é a principal queixa dos tutores nas clínicas veterinárias do Brasil, isso ocorre, pois, por se tratar de um país tropical oferecemos um ambiente perfeito para elas, que gostam de umidade e calor. Além da coceira convencional, as pulgas podem transmitir diversas outras doenças para os cães, desde alergias a doenças infecciosas. Por isso é tão importante cuidar para que esse parasita minúsculo não se transforme em um problema enorme. Pensando nisso, separamos então algumas dicas para